O setor metalúrgico desempenha um papel extremamente importante na economia, já que é uma fonte de emprego e de criação de riqueza, além de fornecer matérias-primas essenciais para setores como a construção civil e a indústria transformadora.

Em grande parte, o crescimento do setor deveu-se à incorporação de novas tecnologias nas fábricas: a transformação digital e os seus benefícios são inegáveis. A concretização de objetivos estratégicos, a sustentabilidade e a melhoria da saúde no trabalho são apenas algumas das vantagens da incorporação de novas tecnologias, mas também se destacam as seguintes:

 

  • Poupança de energia
  • Otimização dos recursos e processos
  • Redução dos custos
  • Redução das baixas médicas
  • Tempos de ciclo mais curtos
  • Maior produtividade

Picking-Bin Picking de peças em recipiente completamente em recolha aleatória à saída dos moldes de fundição.

O Bin Picking é uma das soluções mais relevantes para a automatização dos processos de produção, uma vez que garante um fluxo de trabalho contínuo na tarefa de Pick & Place sem necessidade de atribuir operários a uma tarefa que é repetitiva.

O Random-Picking da InPicker é utilizado para implementar esta solução de picking de peças no recipiente à saída dos moldes de fundição, onde não existem restrições ao empilhamento aleatório das peças dentro do recipiente.

O presente e o futuro da indústria estão estreitamente ligados à inovação e aos avanços tecnológicos, e também ao desenvolvimento da Indústria 5.0. Apresentamos-te três exemplos de processos que podem ser automatizados graças a essa inovação.

O sistema de Robótica Guiada por Visão (VGR) é um dos sistemas mais eficientes para qualquer indústria, uma vez que permite identificar e definir com precisão a posição dos elementos dentro de um determinado espaço e, em seguida, recolhê-los e transferi-los através de um sistema robotizado.

Rastreabilidade de peças de fundição

Nos ambientes industriais, o software de reconhecimento ótico de carateres (OCR) é fundamental para a rastreabilidade das peças ou produtos em geral.

Esta tecnologia permite ler códigos numéricos ou letras com grande precisão, inclusivamente sob condições adversas ou com carateres complexos, desfocados ou enviesados. A fiabilidade e a precisão deste sistema são possíveis graças às técnicas de visão artificial de última geração.

É preciso salientar que a leitura OCR tradicional foi melhorada graças à incorporação da Deep Learning: uma tecnologia fortemente compatível e adequada para melhorar o processo. Os algoritmos do software aprendem a reconhecer os carateres de modo independente numa grande variedade de condições. Com efeito, através de um sistema de duas redes de DL com formação prévia, é inclusivamente possível encontrar palavras inteiras em vez de carateres individuais na imagem, sendo apenas necessária a adaptação de alguns parâmetros à aplicação.

lectura OCR

É preciso salientar que a leitura OCR tradicional foi melhorada graças à incorporação da Deep Learning: uma tecnologia fortemente compatível e adequada para melhorar o processo. Os algoritmos do software aprendem a reconhecer os carateres de modo independente numa grande variedade de condições. Com efeito, através de um sistema de duas redes de DL com formação prévia, é inclusivamente possível encontrar palavras inteiras em vez de carateres individuais na imagem, sendo apenas necessária a adaptação de alguns parâmetros à aplicação.

Inspeção de defeitos estéticos em peças de estampagem e fundição

O controlo de qualidade na indústria metalúrgica é um procedimento fundamental porque, além de garantir a satisfação do cliente, qualquer falha ou imperfeição pode afetar diretamente o desempenho do produto e provocar falhas de segurança.

Acabamento, tamanho, espessura, resistência: são alguns dos fatores mais importantes a avaliar. Neste aspeto, o olho humano não consegue cobrir 100% das necessidades do setor. Por conseguinte, a incorporação de novas tecnologias está a tornar-se um requisito, sobretudo neste setor.

Com recurso a câmaras 2D, é possível automatizar a inspeção de defeitos estéticos em peças de fundição, como pancadas, poros ou erros de enchimento do molde, tendo em conta que a iluminação desempenha um papel fundamental.

Porquê automatizar este processo?

  • Inspeção continua e a 100% dos produtos
  • Critérios constantes e critérios objetivos, sem a subjetividade de um operário
  • Dados em tempo real
  • Análise e rastreio dos erros: se houver uma falha, é possível saber de onde vem e se será repetida, também para prevenção futura.

Detetar anomalias, tomar medidas e prevenir falhas ou potenciais problemas são algumas das vantagens gerais da utilização de sistemas de visão artificial na indústria.

Queres saber mais? Contacta-nos.